Ce em Destaque
Farra das Diárias

Entre vereadores eleitos desde 2009, Eneide Saraiva e Geovane Dutra já somam quase 100mil reais em diárias

Conforme o portal da transparência

26/11/2019 10h21Atualizado há 3 semanas
Por: Direto da Redação

A vereadora pelo município de Banabuiú, Eneide Saraiva, foi a segunda parlamentar que mais recebeu diárias nos últimos dez anos. Somados, os valores totalizam R$ 41.650. Os números foram checados pelo Ceará em Destaque com base em um levantamento de dados no Portal da Transparência. Entre as diárias atribuídas à Eneide, há valores pagos para viagens onde não há especificação da viagem que ela tenha cumprido e pagamentos para ela se cumprir agenda na cidade mora. 

O levantamento foi feito apenas considerando dados de vereadores que permanecem no exercício do cargo desde 2009 até agora. Nesta situação, além dela aparece o vereador Geovane Bezerra Dutra, que é o campeão em recebimento de diárias da última década, somando um valor de R$ 54.850. Vereadores eleitos no pleito de 2016, os que não se reelegeram em 2012 e os que não mais se candidataram, foram desconsiderados.

No levantamento onde Geovane Dutra aparece recebendo o maior valor de diárias e Eneide é a vice-líder. Juntos, conforme os dados, eles receberam o correspondente a 54,7% de tudo o que foi pago em diárias na última década. No biênio 2011/2012, quando presidiu a Câmara de Banabuiú, Eneide acumulou R$ 19.450 mil em diárias, liderando entre os cinco vereadores até hoje em exercício, nos dois anos do período, como a que recebeu mais diárias. O Portal da Transparência também aponta que dos últimos dez anos, em quatro deles ela foi a que acumulou anualmente os maiores valores. Este ano, por exemplo, a vereadora já soma mais diárias do que o próprio presidente, Thiago Oliveira. O total chega a R$ 4.500.

Questionamentos

Diárias nem sempre significam algo de ruim. Por vezes, dão sinais de um trabalho proativo de funcionários a serviço do povo. Mas o que pesa em desfavor Eneide Saraiva é que é alguns dos valores são cabíveis de questionamento que ela merece explicar ao povo. Em 2011, por exemplo, Eneide viajou 28 vezes ao ano, mas em 12 vezes sequer especificou para onde foi. No Portal da Transparência a explicação que existe é vaga, informa apenas que o valor “se empenha p/ fazer face às despesas com complementação de concessão de diárias em favor dos vereadores da câmara de Banabuiú quando a serviço e/ou em representação de interesse deste poder legislativo municipal, conforme portaria". 

Ainda conforme o Portal, nos anos de 2011, 2013, 2014, 2015, 2017 e 2019 constam diárias pagas à Eneide Saraiva que estaria cumprindo agenda em Quixadá. Mas Quixadá é o município onde Eneide mora com a família. Seria imoral, por tanto, um parlamentar cobrar um valor de diária para estar em um município que é justamente o que ele reside. Outro caso de questionamento pode ser encontrado no relatório de diárias de 2017, ano em que a maioria dos pagamentos extras foram pagos para Eneide Saraiva cumprir agenda em Fortaleza, "no gabinete da deputada estadual Fernanda Pessoa", diz o site da corte de contas.

O Ceará em Destaque cruzou as informações dos pagamentos de diárias daqueles dias de 2017 com a confirmação de presença em ata da deputada Fernanda Pessoa através do site da Assembleia Legislativa. Em dois dias em que Eneide disse cumprir diária no gabinete de Fernanda Pessoa, a deputada faltou à sessão (02.06.2017 e 29.08.2017), e em outros três a Assembleia sequer teve expediente, já que não consta ata (duas vezes em 15.12.2017 e uma em 19.12.2017). Mesmo assim, Eneide informou ao Portal da Transparência estar no gabinete da deputada. 

Não é a primeira vez que Eneide Saraiva é alvo de questionamentos por causa de diárias. Em 2011, quando estava presidente da Câmara, ela foi alvo de uma investigação do então Tribunal de Contas dos Município (TCM, atualmente TCE) onde era acusada de pagar de forma irregular diárias ao vereador Waltinho(https://antigo.cearaemdestaque.com.br/processo-do-tcm-que-julga-vereadora-eneide-saraiva-por-superfaturamento-e-waltinho-por-recebimento-de-diarias-ilegais-em-banabuiu/.  No processo, os relatores da corte de contas cearense também julgaram irregular a prestação de contas do exercício financeiro daquele ano em que ela presidiu a Câmara. A vereadora teria superfaturado a contratação de serviços de contabilidade e serviços administrativos, ambos contratados sem licitação. Naquele mesmo ano, ainda segundo o TCM houve falha no controle interno de transportes porque, na prestação de contas, Eneide Saraiva também não enviou a relação dos carros que eram locados. Na investigação, o TCM diz que chegou a encontrar combustível guardado no almoxarifado da Câmara.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.