Ce em Destaque
Apoio ao Esporte

Delegação de Banabuiú conquista 12 medalhas em Campeonato Internacional de Capoeira

O prefeito Edinho Nobre recebeu os competidores em sua casa, antes da viagem no último fim se semana, e em uma conversa informal voltou a reforçar sua torcida pelo esporte local nas diversas práticas

18/10/2019 12h35
Por: Direto da Redação

A equipe de capoeira do município de Banabuiú conquistou ao todo 12 medalhas no Campeonato Internacional de Capoeira. A delegação banabuiense voltou pra casa com oito medalhas de ouro, três de prata e uma de bronze. O evento aconteceu neste fim de semana em Maracanaú, região metropolitana de Fortaleza.

A competição aconteceu no último sábado (12) e domingo (13). Para viajar à Maracanaú, a equipe contou com o apoio do Governo Municipal. O prefeito Edinho Nobre recebeu os competidores em sua casa, antes da viagem no último fim se semana, e em uma conversa informal voltou a reforçar sua torcida pelo esporte local nas diversas práticas, além de afirmar que seu governo sempre estará disposto a garantir o apoio necessário para as equipes banabuenses.

No evento, o capoeirista Inardo de Sousa Lopes, de 36 anos, que lidera a Associação Capoeira de Banabuiú (Ascaban), foi agraciado com o título de contramestre. Inardo já pratica capoeira há quase 20 anos e há pouco mais de 15 fundou seu próprio grupo, onde treina quase uma centena de pessoas, a grande maioria, segundo ele, são alunos de escolas do município e moradores de bairros da periferia.

Foram vencedores os seguintes capoeiristas:

Fernando Freitas (Faísca): campeão individual na categoria infantil e vice-campeão na categoria iniciante

Ana Lívia: 3º lugar na categoria infantil feminino

Léo Moreira: medalha de prata cna categoria graduado

Letícia Brito: medalha de prata na categoria feminino.

Além das premiações em medalha, o aluno Faísca foi também premiado com um troféu. O aluno, com apenas 7 anos, foi destaque na competição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.