Ce em Destaque
PRECONCEITO

Galhardo denuncia injúria racial e xenofobia por parte da torcida santista

Meia relatou insultos a ele e ao volante Fabinho durante partida entre Santos e Ceará na Vila Belmiro

18/10/2019 08h26
Por: Direto da Redação

O Ceará deverá registrar um boletim de ocorrência por insultos racistas e xenófobos feitos pela torcida do Santos na partida entre os dois clubes, que aconteceu na noite desta quinta-feira, 17, na Vila Belmiro. A denúncia foi feita pelo meia Thiago Galhardo, que relatou xingamentos preconceituosos a ele e ao volante Fabinho.

“Parabéns pela vitória do Santos, mas o cara queria menosprezar o Fabinho, a mim, fazendo racismo com ele, chamando de negão, vagabundo. Eu acho que o futebol perde sua essência. O brasileiro tem que se controlar mais. Não podemos ter isso. O cara beber, pois ao meu ver estava embriagado e xingar a gente. Acho que ele tinha que estudar um pouco mais, conhecer um pouco mais do Brasil, a geografia. Falar que o Ceará joga no norte ou eu que não entendo muito, acho que estudei de sacanagem”, disse Galhardo, em entrevista ao canal TNT.

Na transmissão do jogo, pela mesma emissora, a repórter Aline Nastari havia comentado o ocorrido. “Temos torcedores que perderam a mão de forma preconceituosa, preconceito até racista nas coisas que gritaram e acabou tirando os jogadores do Ceará do sério”, disse ela, durante o segundo tempo, informando também que um presidente (delegado) da partida teve que ir até o banco de reservas onde ficava o Ceará para pedir para os torcedores próximos se acalmarem.

A rádio CBN de São Paulo informou que o departamento jurídico do Ceará já estaria se inteirando de como proceder com a denúncia e de que um boletim de ocorrência será feito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.