Ce em Destaque
Tragédia

Quinta morte do desabamento de prédio em Fortaleza é confirmada pelos bombeiros

De acordo com o comandante da corporação, Luis Eduardo Holanda foram encontrados os corpos de um homem e de uma mulher

17/10/2019 16h51
Por: Direto da Redação

Equipes de resgate que trabalham sobre os escombros do Edifício Andrea, que desabou no Bairro Dionísio Torres, em Fortaleza, retiraram dois corpos do local nesta quinta-feira (17), o terceiro dia de buscas. De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, Luis Eduardo Holanda, a quarta vítima morta após o desmoronamento ocorrido na terça-feira (15) é de um homem. Ele foi retirado dos escombros por volta de 6h45.

O segundo corpo foi achado por volta de meio-dia. É de uma mulher não identificada. Com isso, já são cinco mortes confirmadas na tragédia, sendo três mulheres mortas (o corpo de uma delas ainda está nos escombros) e dois homens. 

Pouco após o meio-dia, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que o corpo retirado nesta manhã é de Antônio Gildasio Holanda Silveira, de 60 anos. Ele foi identificado pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) por meio da impressão digital.

MORTES CONFIRMADAS

1)  Frederick Santana dos Santos, 30 anos, era entregador de água e estava no mercantil ao lado do prédio, no momento do desabamento. Bombeiros confirmaram a morte por volta das 23h30 da noite de terça-feira (15). 

2) Vítima não identificada. SSPDS informou que é uma mulher e que ainda está nos escombros do edifício. Bombeiros confirmaram a morte dela por volta das 8h da quarta-feira (16). 

3) Izaura Marques Menezes, de 81 anos, é avó do primeiro resgatado com vida do prédio, o jovem Fernando Marques. Os bombeiros confirmaram a morte por volta das 17h30. De acordo com a corporação, o corpo foi encontrado ao meio-dia e eles não conseguiram identificar a vítima. A SSPDS, depois, a identificou como Izaura Marques Menezes, após exames de odontologia forense (arcada dentária).

4) Antônio Gildasio Holanda Silveira, de 60 anos, foi identificado por meio da impressão digital. Ele foi retirado dos escombros na manhã da quinta-feira (17).

5) Vítima não identificada. Mais uma mulher foi encontrada por volta do meio-dia da quinta (17), próximo ao local onde estava o corpo de Gildasio. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.