Ce em Destaque
Clima de tensão

Terceiro homicídio é registrado em Banabuiú pela Polícia em menos de 24 horas

Cidade vive clima de tensão; duas mortes foram registradas em um tiroteio na quarta (31) e outra morte registrada nesta manhã, no bairro Alto Alegre

01/08/2019 12h04Atualizado há 3 meses
Por: Jornalismo
Ambulâncias escoltadas pela Policia Militar
Ambulâncias escoltadas pela Policia Militar

Menos de 24 horas depois que duas pessoas foram feridas em um tiroteio em Banabuiú e em seguida mortas, a Polícia registrou mais um homicídio no município. O fato aconteceu na manhã desta quinta-feira (1°), no bairro Alto Alegre.

Conforme as primeiras informações colhidas pela Polícia Militar, o crime ocorreu próximo ao local onde ocorria o velório de uma das vítimas mortas na tarde de ontem. De acordo com a PM, bandidos chegaram no local em uma moto com capacete na cabeça e com jaqueta preta.  Armados, eles entraram na casa do homem e o mataram a tiros. Em seguida fugiram.

A vitima foi identificada até o momento pelo nome de Rodrigo. Ele teria sido funcionário de uma funerária da cidade e também trabalhado como mototaxista. Não se sabe ainda se ele tinha envolvimento com crimes.

A população do bairro ficou assustada com os barulhos dos tiros. O Ceará em Destaque apurou que alunos da escola Liceu de Banabuiú foram recolhidos para uma sala após temerem ser atingidos por balaços. Ninguém ficou ferido.

Este é o terceiro homicídio registrado em Banabuiú em menos de 24 horas. Os outros dois ocorreram por volta de três da tarde da última quarta-feira (31). Segundo a Polícia, um grupo de homens armados, divididos em uma moto e um carro de modelo ainda não identificado, tentaram matar Edgleison Ferreira Nobre. Ele estava em uma metalúrgica, na avenida Adília Cajazeiras, quando o grupo se aproximou para tentar matá-lo.

Edgleison teria percebido a aproximação do grupo suspeito e fugiu correndo. O grupo perseguiu ele. Durante a perseguição dois deles que estavam na moto, cairam. Ao chão, temendo que alguém se aproximasse para rendê-los, eles passaram a atirar várias vezes na tentativa de acertar Edgleison.

De acordo com a população, cerca de 15 disparos foram ouvidos. Os tiros acertaram Irailson Pereira da Silva, 25, que trabalhava na metalúrgica, e Andson Cosmo de Farias, 28, motorista do hospital do município, que passava pela avenida e foi atingido.

Os dois foram socorridos ao hospital municipal. Irailson morreu instantes depois de dar entrada na unidade de saúde. Andson ainda chegou a ser transferido com vida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas faleceu logo após dsr entrada no Instituto Dr. José Frota (IJF) na Capital. A operação de socorro às vitimas teve a participação de quase dez médicos.

Edgleison, alvo dos bandidos, foi ferido com os tiros. Ele está internado mas não corre risco de morte.

Na tarde de quarta cerca de 30 policiais do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e do Batalhão de Policiamento De Ações Intensivas e Ostensivas Rural (BPRaio Interior) estiveram na cidade. Os crimes podem ter ligação com disputa por território entre facções criminosas. A Polícia vai investigar.

Não se sabe quais as motivações da morte da vítima nesta quinta, no bairro Alto Alegre.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.