Ce em Destaque
Em 2020

Topiques em Fortaleza vão aceitar pagamento de passagem por cartão de crédito e débito

Além do cartão de crédito, passageiro também vai poder optar por débito, programas de milhagem e criptomoedas - moedas virtuais, como os bitcoins. Medida já está sendo ajustada para operar ano que vem

26/07/2019 09h37Atualizado há 4 meses
Por: Redação Ceará em Destaque
Fonte: Diário do Nordeste

Os usuários de topiques ou microônibus em Fortaleza vão poder efetuar pagamento de passagens com cartões de crédito, débito, programas de milhagem e criptomoedas - moedas virtuais, como os bitcoins a partir de janeiro de 2020. O sistema de transporte complementar vai disponibilizar um aplicativo próprio por meio do qual os passageiros vão poder pagar as passagens.

De acordo com a Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps), por meio do gerente de projetos da companhia, Pedro Henrique Alcino, 100% da frota vai sofrer a mudança. O dinheiro vai continuar sendo aceito como forma de pagamento nos transportes.

"Nossa intenção é garantir ao usuário que ele possa pagar em dinheiro e no passecard. E a partir de janeiro possa ter acesso a uma infinidade de interface de pagamento", reforça o gerente.

Segundo Pedro Henrique, o software do projeto está garantido e, no momento, eles aguardam a chegada dos novos equipamentos leitores que devem ser instalados em todos os veículos. “Vai haver uma grande evolução, ao meu ver”, frisa Henrique.

O passageiro que aderir à tecnologia vai escolher, pelo aplicativo, o transporte mais próximo dele. Ao selecionar a linha desejada, vai ser gerado um QR Code, que deve ser lido na máquina semelhante ao leitor de cartões dentro da topique. Com a leitura, a catraca é liberada e a cobrança é gerada nos cartões ou demais programas escolhidos pelo usuário.

O modelo do app é semelhante àqueles utilizados para solicitar transportes particulares, contendo os dados do usuário e a forma de pagamento de preferência do cliente. Dentro das topiques, o motorista vai poder acompanhar as operações por meio de um tablet instalado no painel do veículo.

O gerente Pedro Henrique informou que o app também vai disponibilizar função de áudio para usuários com deficiência visual. Um passageiro cego ou com alguma deficiência física, por exemplo, vai ter a opção de avisar ao motorista pelo app em qual parada de ônibus está, para que o profissional possa prestar o auxílio necessário ao pegar o passageiro no ponto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.