Anúncio
Ação ousada

Quadrilha disfarçada de Policiais Federais rouba uma tonelada de ouro

Roubo aconteceu no saguão do aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Polícia está investigando a ação.

26/07/2019 08h58Atualizado há 3 semanas
Por: Redação Ceará em Destaque
Fonte: Agência O Globo

Uma quadrilha invadiu o terminal de cargas do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, na tarde desta quinta-feira e roubou uma carga de 720 kg de ouro . Armados com fuzis e encapuzados, os ladrões usaram viaturas clonadas da Polícia Federal ( PF ). Na cotação do dia, a carga está estimada em R$ 123 milhões.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite de quarta-feira a quadrilha fez como refém a família de um supervisor de logística do aeroporto para pressionar o profissional a lhe dar acesso a informações privilegiadas sobre onde a carga estaria.

A família do funcionário do aeroporto — duas mulheres, dois homens e quatro crianças — ficou em poder dos bandidos por cerca de 21 horas. A quadrilha chegou à casa do supervisor de logística de Cumbica, no bairro São Miguel Paulista, por volta das 18h de quarta-feira. Os reféns só foram liberados às 15h desta quinta-feira.

O ouro estava dentro de um carro-forte e seria transportado para Suíça e Estados Unidos, de acordo com informações iniciais da polícia. A quadrilha chegou ao aeroporto usando dois carros com logotipo da PF: um Triton e um Pajero Dakar.

Segundo testemunhas, o assalto foi comandado por cinco homens encapuzados e armados com pistolas e fuzis. O grupo rendeu o chefe da segurança, obrigou um funcionário a colocar a carga no carro usando uma empilhadeira e levou um homem como refém.

A ação durou cerca de dois minutos e foi flagrada por câmeras de segurança. As imagens divulgadas mostram o momento em que uma caminhonete freia bruscamente no terminal, onde desembarcam homens encapuzados. O veículo ficou estacionado com as portas abertas, enquanto o grupo coordenava a manobra da carga na empilhadeira, dirigida por um funcionário.

Os dois veículos usados no assalto foram encontrados abandonados em ruas do Jardim Pantanal, na Zona Leste de São Paulo, a cerca de 7 quilômetros do aeroporto. Depois de abandonar os carros que simulavam viaturas da PF, os assaltantes teriam usado outro veículo para continuar a fuga.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.