Ce em Destaque
Dados do SPC

40% dos brasileiros vão usar saques do FGTS para quitar dívidas

O valor médio da dívida dos inadimplentes no país é de R$ 3.252,70, mas um percentual relevante de 37,4% deve até R$ 500

25/07/2019 09h05
Por: Redação Ceará em Destaque
Fonte: Do jornal O Globo

Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) indicam que o saque de até R$ 500 das contas de FGTS, cuja liberação foi oficializada pelo governo nesta quarta-feira, pagaria as dívidas de quase 40% dos inadimplentes brasileiros.

O valor médio da dívida dos inadimplentes no país é de R$ 3.252,70, mas um percentual relevante de 37,4% deve até R$ 500. Outros 15,9% devem entre R$ 500 e R$ 1.000. Somados esses dois grupos, eles representam 53% do total de inadimplentes no país. 

José Vignoli, educador financeiro do SPC Brasil, lembra que, em 2017, ano em que o então presidente Michel Temer liberou um montante de R$ 44 bilhões das contas inativas de FGTS, 40% das pessoas que sacaram os recursos usaram o dinheiro para quitar dívida.

Consumidores do estado do Rio irão aproveitar a liberação do saque do FGTS para quitar suas dívidas, segundo estudo realizado pela Fecomércio RJ . Dos 500 entrevistados, 36,5% daqueles sinalizaram esse desejo, enquanto 24,9% pretendem reformar a casa. A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 22 de julho e não considerou o limite de saque divulgado pelo governo nesta terça-feira (dia 20), no valor de R$ 500.

O ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni confirmou nesta quarta-feira que o limite de saques do FGTS será de R$ 500  por conta em 2019 e disse que a retirada já poderá ser feita em agosto.  A partir de 2020, as regras para os saques serão diferentes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.